Quem tem conhecimento tem poder



A vida dita “inteligente” no planeta Terra foi influenciada por forças de poder invisíveis ou desconhecidas e todas essas forças poderosas operam por mais tempo do que pode ser sabido pela história registrada. Você conhece a frase “quem tem conhecimento tem poder”, mas talvez você não saiba que o poder está a serviço de dominar os que não o tem.


O ser humano contemporâneo tem a necessidade de ser gregário, de viver em meio a uma pequena minoria, ou elite, de pessoas que tem o poder. No passado, isso chegaria no máximo a 10% das pessoas no poder, e 90% ou mais sendo impotentes. Atualmente, este desequilíbrio acelerou para um extremo ainda maior.


Desperte sua Força Interior conhecendo tudo sobre Arquétipos

Não duvide que agora podemos considerar de 1% contra os 99% e não tenho a menor dúvida que este percentual está mais próximo da realidade e o que muita gente deve concordar é que estes 99% são "dominados" pela minoria.


Todavia, cada um de nós deveríamos perceber que o termo 'impotente' é inverídico. Pois se qualquer espécie tivesse 90% ou mais de seus representantes impotentes, é certo que eles não conseguiriam gerenciar a sobrevivência a longo prazo.


Então, devemos considerar que o termo "impotente" é meramente uma referência às estruturas de poder material que foi arquitetada artificialmente pela minoria. São estas articulações sociais de poder que estabeleceram a categoria oposta dos ‘impotentes'.


Mas este não é o verdadeiro reflexo da espécie humana, longe disso. É isso que está no cerne do poder, e as forças de poder.


Só existe poder enquanto existe adesão. E a adesão se torna maior quanto menor for a capacidade de conhecimento da população. Portanto, o elemento crucial do poder é o conhecimento do poder.


O que afeta nossa saúde física e emocional?

O poder postula concordância. Sem isso, o poder é reduzido à força bruta e força bruta não é poder, mas força material. Não é a mesma coisa.


O conhecimento do verdadeiro poder da humanidade foi e continua sendo suprimido, secreto e inacessível para a esmagadora maioria. Os que são “impotentes” o são por mera falta de conhecimento.


Para que o poder tenha aderência ele deve ser manifestado e as manifestações de poder são estabelecidas por meios materiais, tangíveis, sociais e institucionalizados que se encaixam nas estruturas da sociedade, tais como:


  • riqueza,

  • conhecimento,

  • história,

  • educação,

  • carreira,

  • inteligência,

  • status etc.


O diagrama de pirâmide, na maioria das sociedades humanas, é usado para representar a estrutura de poder. Ela sintetiza de forma clara e objetiva onde está cada classe de ser humano.


Então, reflita sobre isso: quem tem poder precisa de ‘impotentes' para que haja algo sobre o qual se ter poder e esta é uma polarização necessária. Isso também é necessário para dar continuidade à segregação que caracteriza a maioria das estruturas da sociedade humana.


Segregar, usar argumentos de separação cultural e etc. é a forma mais fácil de manter quem tem poder, no poder!


E esta é a forma inventada de separação que estabelece categorias de seres humanos 'impotentes’ e isso uma armadilha psicológica porque ninguém nasceu despido de poder. O próprio ato de viver é uma representação inequívoca do poder.


O ser humano não é impotente. Ninguém é impotente no sentido de ter menos acesso a formas materiais de riqueza, status, influência, etc. Não tenha dúvida de que estas são formas externas de poder.


A maioria é impotente neste sentido, mas cheia de poder dentro de si.
O ser humano é inerentemente poderoso.
- Kaleb Seth Perl

Eu convido você a trazer a tona a sua forma de poder. - Como? Por meio do conhecimento!


Eu espero despertar bilhões de pessoas, por isso gostaria que você me ajudasse compartilhando este texto que é a tradução de parte de um livro chamado Own Your Sovereignty (Adquira a sua soberania) de Kaleb Seth Perl.


Gratidão,


Alessàndro B Machado

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo